文档操作

ABNT divulga comunicado sobre a reestruturação do Comitê Brasileiro da Construção Civil

ABNT divulga comunicado sobre a reestruturação do Comitê
Brasileiro da Construção Civil
.

02/06/10 - A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) divulgou em 31 de maio nota para a imprensa sobre a reestruturação do CB-02 (Comitê Brasileiro da Construção Civil). Segundo o documento, o Cobracon ficará responsável apenas pela normalização de requisitos gerais referentes ao projeto, gerenciamento, custos e manutenção de edificações.

Já produtos, componentes e/ou materiais utilizados em edificações serão objeto de Comitês Técnicos específicos, que serão criados na medida em que existam trabalhos em andamento ou que sejam demandados para os demais temas.

A mudança na atuação do CB-02 foi decidida no início de maio, durante reunião do Conselho Deliberativo da ABNT, conforme informado pela reportagem no último dia 20. De acordo com a entidade, a decisão faz parte das diretrizes de Planejamento Estratégico, que visam "estabelecer, sempre que possível, uma estrutura de Comitês Técnicos coerente com a da ISO ou IEC e estabelecer acordos de cooperação com instituições representativas da sociedade para suporte aos Comitês Técnicos setoriais".

Confira, na íntegra, o comunicado da ABNT para a imprensa:

"ABNT/CB-2 tem novo escopo

O Comitê Brasileiro da Construção Civil (ABNT/CB-02) foi reestruturado, por decisão do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), com base em estudo elaborado pela Diretoria Executiva.

O âmbito de atuação do ABNT/CB02 está agora assim definido: Normalização no campo da construção civil, no que concerne a edificações, compreendendo:

  • terminologia
  • projeto de estruturas, independente do material da construção,
  • organização de informações de projeto e construção;
  • requisitos geométricos gerais para construção e elementos construtivos e componentes, incluindo coordenação modular e seus princípios básicos, regras gerais para juntas, limites e tolerâncias;
  • regras gerais para outros requisitos de desempenho de construção e sistemas construtivos incluindo a coordenação destes com os requisitos de desempenho;
  • projeto de ambiente interno de novos edifícios e modernização de existentes visando a sustentabilidade (incluindo conservação de energia e eficiência energética). Ambiente interno inclui fatores térmicos, acústicos e visuais e qualidade do ar;
  • projeto e execução de obras e serviços da construção, visando a segurança de trabalhadores;
  • gerenciamento e custos da construção, incluindo estudos de viabilidade, orçamentos, organização do empreendimento, contratação, recebimento de obras e serviços;
  • manutenção de edificações incluindo elaboração de manuais de uso e avaliação pós-ocupação.

Estão excluídos desse escopo os produtos, componentes e/ou materiais utilizados em edificações, bem como assuntos objeto de Comitês Técnicos específicos.

A Resolução do Conselho Deliberativo, manifestada em reunião no início de maio, levou em consideração as diretrizes do Planejamento Estratégico da ABNT: estabelecer, sempre que possível, uma estrutura de Comitês Técnicos coerente com a da ISO ou IEC; e estabelecer acordos de cooperação com instituições representativas da sociedade para suporte aos Comitês Técnicos setoriais.

Como o escopo do ABNT/CB-02 ficou restrito à parte de edificações referente a projeto, foi também decidida a criação de Comitês Técnicos (ABNT/CB ou ABNT/CEE) específicos à medida que existam trabalhos em andamento ou que sejam demandados para os demais temas (Tintas e vernizes, Gesso, produtos de gesso e reboco de gesso, Vidros para construção civil, Geotecnia, Pedras naturais, Geossintéticos, Cerâmica para revestimento, Acústica, Saneamento básico, Plástico para construção civil, Cerâmica vermelha, Esquadrias - Componentes e acessórios, Aparelhos e componentes sanitários, Alvenaria estrutural, Construção pesada e Avaliações e perícias).

Será criada uma Câmara Setorial para harmonização dos Programas de Normalização Setorial (PNS) dos Comitês Técnicos com interface com a construção civil".

Fonte: Pini WEB

Rede Brasileira de Informação dos Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral
SAS Quadra 05 Lote 06 Bloco H 2º andar sala 06. CEP 70070-912, Brasília - DF
Portal mantido por: IBICT
Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia